Folha de São Paulo - 28.01.2020

(Chris Devlin) #1

aeee


mundo


A12 Terça-Feira,28 DeJaneiroDe2 020


Taleban diz terderrubadoaviãodos EUAnoAfeganistão


CABUL(AFEGANISTÃO)|AFPEREU-
TERSUmporta-vozdoTale-
ban afirmou nestasegunda
( 27 )queogrupoderrubou um
aviãocommilitares america-
nosnoAfeganistão.OsEUA
confirmamaqueda de uma
aeronavede suasForçasAr-
madas no país,mas dizemque
não há sinais de que elatenha
sidoprovocada por inimigos.
“Oavião,que estava em uma
missão de inteligência,foider-


rubado emSado Khel”,de-
clarouZabihullahMujahid,
doTaleban, emcomunicado.
Ele disse quetodas as pesso-
as abordo morreram, inclu-
indo oficiais de altapatente.
Àtarde,oporta-voz dasFor-
çasArmadasamericanas, Son-
nyLeggett,escreveu no Twit-
terqueumaaeronaveE- 11 A
caiu na provínciadeGhazni.
“A pesardeacausa do acidente
estar sendoinvestigada, não

há indicações de quetenhasi-
docausadapor fogoinimigo.”
Aaeronave caiu ao meio-dia
(horalocal, 5 h 30 em Brasília),
segundoapolícia de Ghazni
—que acrescentouquearegi-
ão da queda nãoésegura, devi-
doàpresença de insurgentes.
OgovernodeDonaldTrump
tenta, desde 2018 ,umacordo
de pazcomoTaleban, para
encerraraguerraentreeles,
que já dura 18 anos.Emsetem-

bro, navésperadeumacordo,
Trumpcancelou umareunião
secretanos EUA, comajusti-
ficativadequeogrupo este-
ve por trás de umataque em
Cabul que matou 12 pessoas.
Nodia 19 ,osinsurgentes ofe-
receramumperíodo deredu-
çãodaviolência,segundo o
jornal TheNewYork Times.
Estáem debate aretirada
de tropasamericanasemtro-
ca degarantias dequeoAfe-

ganistão não seja usadocomo
baseparamilitantes que bus-
camatacarosEUAealiados.
Desde antes de ser eleito
presidente,Trumpreclama
que os soldados americanos
fazempoucomaisque um tra-
balho de polícia equeaguer-
ra demandamuitodinheiro.
OTaleban defendeuma in-
terpretaçãoradical dos ensi-
namentos islâmicos. Nope-
ríodoemque estevenopo-

der,mulheresnão podiam
estudaroutrabalhar.Após a
invasão americana,ogrupo
foiderrubadodogoverno, e
seus sobreviventes se escon-
deram ouforamparapaíses
vizinhos,comooPaquistão.
Nosanos seguintes,osEUA
construíram bases militares
no Afeganistãoeajudaram o
paísamontar umgoverno de-
mocrático—queixas de frau-
deecorrupçãoafetaramacre-
dibilidadedogoverno.
Enquantoisso,oTaleban
foiressurgindoefazendoata-
quescomoutrosinsurgentes.

WASHINGTON|REUTERSAliados
deDonaldTrump no Sena-
doreceberam umacargaex-
tradepressãonesta segunda
( 27 )apósarevelaçãode que o
ex-conselheirodeSegurança
NacionalJohnBolton escre-
veunomanuscritodeum li-
vronão publicadoqueopre-
sidentequeriacongelaraaju-
da financeiraàUcrâniaaté
Kievabrir investigaçõescon-
trarivaisdemocratas.
Agora, sobaluz dasnovas
informações,congressistas da
oposiçãovoltaramàcarga pa-
ra exigirodepoimentodeBol-


tonedeoutrastestemunhas
no julgamentodeimpeach-
mentdeTrump.
OsenadorrepublicanoMitt
Romney(Utah), um crítico
do presidente, afirmou que
há uma probabilidade cres-
centedeque ao menos qua-
trocolegasdepartido estejam
dispostosaouviroex-asses-
sor da Casa Branca,dando aos
democratasosvotos necessá-
rios paraconvocá-lo.
Atéomomento, os senado-
resrepublicanos serecusam a
permitiraconvocaçãodetes-
temunhas ouaapresentação

de novasevidênciasnojulga-
mentoquedeterminaráse
Trump seráafastado docargo.
Bolton escreveu no manus-
critoqueopresidente dissea
ele querercongelar US$ 391 mi-
lhões (R$ 1 , 6 bilhão) em ajuda
àUcrâniaemtroca da abertu-
ra de investigaçõescontra o
ex-vice-presidenteJoeBiden
eseufilho HunterBiden,ex-
conselheirodaempresa de
gásucraniana Burisma.
Os democratasalegam que
Trump usoualiberaçãoda
ajuda —aprovada pelo Con-
gresso americano paraauxi-

Revelaçãodeex-assessor de


Trump pressiona senadores


republicanosadmitem chancedeconvocar Bolton paradepor em impeachment


liarKievacombatersepara-
tistasapoiados pelaRússia—
comocondição paraobrigar
opaísadifamar um rival po-
líticodoméstico.
Bidenéumdos principais
candidatosànomeação de-
mocratapara as eleições pre-
sidenciais de 3 de novembro.
OrelatoexplosivodeBol-
tonfoi incluído emversões
preliminares de um manus-
critoque elefezcircular
nas últimas semanas entre
pessoas próximas.
Oex-assessortambém en-
viouorascunhoàCasa Bran-
ca paraser submetidoàrevi-
são —um procedimentopa-
drão nocaso de livrosescri-
tosporatuaiseantigos fun-
cionários dogoverno.
Olivroapresentaumesboço
do queoex-assessor de Segu-
rançaNacional pode dizer em
depoimentocasosejachama-
doadepor,segundo pessoas
que tiveramacesso aoconteú-
do dotexto. Bolton dissenes-
te mêsquetestemunharáse
forintimado judicialmente.
HátemoresdequeaCasa
Brancapossase aproveitar
do processo derevisão pré-
publicação,que nãotemum
prazodefinido paraser con-
cluído,paraadiar,omitirtre-
chos-chave ou mesmo impe-
dirapublicação do livro.
Bolton descreveu ao longo
de dezenas depáginascomo
ocasodaUcrâniafoi sede-
senrolandoaolongodevári-
os meses,atésua saídadaCa-
sa Branca, em setembro.
Nosúltimosdias,funcioná-
rios da Casa Brancavêmdes-
crevendoBoltoncomo um
ex-funcionário decepcionado
que,quando saiu dogoverno,
levoupapéis que deveriater
deixado paratrás.
Trump disseajornalistas
na semanapassadaque não
quer queBoltondeponha e
que qualquerfala públicado
ex-assessor pode prejudicar
asegurançanacional.
“A questãocomJohnéque
éumproblema de seguran-
ça nacional”,disseTrump em
entrevistacoletivaemDavos,
na Suíça. “Ele estáapar de al-
guns de meuspensamentos.
Ele sabeoque penso de líde-
res. Oquevaiacontecer se ele

revelaroque penso de deter-
minado líderenãoformuito
positivo?Issovai dificultar
muitoomeu trabalho.”
Nestasegunda ( 27 ), no Twit-
ter, Trumpescreveu quenun-
ca disseaBolton queaajuda
àUcrânia estava ligada às in-
vestigações de democratas,
incluindo osBiden.
“SeJohnBolton disse isso,
foisóparavender livro”,afir-
mou. Elevoltouaafirmar que
aajudaàUcrâniafoidada sem
nenhumacondição.
Arepórteres,doladodefo-
ra da Casa Brancadepoisde
se encontrar comoprimeiro-
ministroisraelense, Binyamin
Netanyahu, disse que não ti-
nha vistoomanuscrito.
JohnBolton, 71 ,presença
constantenos círculoscon-
servadores de segurançana-
cionaldesdeseustempos na
administraçãoRonaldRea-
gan, entrouparaaCasa Bran-
caem 2018 ,depois deter
sidorecomendadoaTrump
porvárias pessoas.
Masarelaçãocomopre-
sidenteazedou ao longode
várias crises globais, incluin-
doasituação iraniana,apos-
tura americana emrelação à
Rússiae, finalmente, aques-
tãodaUcrânia.
Outra senadora republicana
moderada, SusanCollins dis-
se que asrepercussões sobreo
livrodeBolton “fortalecem a
convocaçãodetestemunhas”.
OpresidentedoComitêJu-
diciário doSenado,Lindsey
Graham, aliadorepublicano
deTrump,disse queapoia-
riaaemissãode umaintima-
çãoparaobteromanuscrito
doex-assessor,deacordocom
umrepórter da CNN.
ACâmarados Representan-
teslideradapelos democratas
acusouTrump no mês passa-
do de abuso de poder em suas
negociaçõescomaUcrânia e
obstrução do Congresso,inici-
andoojulgamentonoSenado
liderado pelosrepublicanos.
Espera-se queTrump seja
absolvido,jáque osrepublica-
nos detêm 53 das 100 cadeiras
da Casa—énecessária uma
votaçãodedoisterços do Se-
nado paracondenareremo-
verumpresidentedocargo.
Com The newYo rk Times

Oex-conselheirodeSegurança Nacional dos EUAJohn Bolton duranteentrevista SergeiGapon-29.ago.19/AFP


Homem aolado de peça deavião militaramericano quecaiu no Afeganistão; oTalebanreivindicou oataque que derrubou aaeronave Saifullah/Xinhua



Ele [Bolton] sabe o
quepensodelíderes.
Oquevaiacontecer
se elerevelaroque
pensoenãofor
muitopositivo?Isso
vaidificultar muito
omeu trabalho

DonaldTrump
sobreoex-assessor
Free download pdf