Visão (11 a 17 Junho 2020)

(Banca) #1
11 JUNHO 2020 VISÃO 67

em curso: “Em Portugal, verifica-se
agora o que sem a Covid-19 já estava
a acontecer nos países europeus, com
as exportações de bicicletas elétricas a
passarem de 19 milhões de euros em
2018 para 52 milhões no ano passado.”

OPÇÕES À MEDIDA DE TODOS
A primeira fase da saída à rua coin-
cidiu com o disparo da procura de
artigos para atividades associadas
à mobilidade urbana. Os dados da
Decathlon, o maior produtor de bici-
cletas da Europa, permitem dizer que
no ano passado, em Portugal, foram
produzidas mais de 1,8 milhões de
unidades (marcas Btwin, Rockrider,
Triban, etc.), traduzindo 10% do vo-
lume de negócios. Durante o confina-
mento, esse número subiu para 30%,
com o segmento infantil a representar
60% das vendas no País.
As BTT e as elétricas também re-
gistaram aumentos na procura. Maio
foi promissor para as lojas Continen-
te, que duplicaram as vendas face ao
mesmo mês de 2019 e viram as cha-
madas “balance bikes” (a partir dos
24 meses de idade) a registarem um
crescimento significativo na compra,
bem como a recém-lançada gama
de mobilidade elétrica (trotinetas e
bicicletas), que está a ser “muito bem
recebida pelos clientes”, segundo a
empresa.

via segura para manter-se em forma,
evitar aglomerados e deslocar-se ao ar
livre sem precisar de usar máscara nem
passar pelas limitações dos transportes
públicos. Confirmam-no os resultados
do inquérito da empresa Swapfiets a
741 novos clientes: a emergência do
novo coronavírus influenciou a decisão
de mudar para a bicicleta em 42% dos
casos, e 45% admitiu que era a melhor
alternativa perante a redução parcial
dos serviços públicos.
“É uma tendência recente que vem
por arrasto do que se passa noutros
países, pelo desconforto com o uso
de transportes públicos, mas também
na vertente recreativa”, corrobora o
secretário-geral da ABIMOTA. Gil
Nadais adianta que “a indústria do
setor retomou a laboração a 100% no
início do desconfinamento”. A pan-
demia alavancou algo que já estava

ESTRADAS TRANQUILAS,


MAIS TEMPO LIVRE E A


PERCEÇÃO DE ESTE SER UM


MEIO MAIS SEGURO PARA IR


TRABALHAR TRADUZIRAM-


-SE NO AUMENTO DAS VENDAS


FOTOS: DIANA TINOCO
Free download pdf