IMPACTO - 10-07-2020

(IMPACTO) #1

2
10 DE JULHO DE 2020


Mais uma semana


com a Covid-


EDITORIAL


hegamos ao fim de mais uma semana!
E lá se vão mais de 100 dias de medidas
restritivas devido as ações de preven-
ção a Covid-19. O quarto mês de pan-
demia chega a sua metade na próxima
semana, e o ano passa, girando apenas
em torno do novo coronavírus.
Ao mesmo tempo que tudo parece voltar à
rotina, em que a convivência com o vírus se torna
cada dia mais comum, a doença continua ainda
com diversas incógnitas, motivando estudos e
reavaliações todos os dias.
Neste contexto o IMPACTO continua
trazendo informações relevantes sobre o novo
coronavírus. Nesta semana trazemos o perfil das
contaminações em cinco cidades da microrregião,
mostrando que o vírus não escolhe idade ou sexo.
Homens e mulheres, de diferentes idades,
são vítimas do desconhecido. E os idosos, os mais
nocivos ao vírus, sofrem drasticamente com as
consequências da doença. Os óbitos
concentram na população acima dos 60
anos. Enquanto as contaminações são
mais frequentes com quem tem menos
de 50 anos de idade – pelo menos aqui
na microrregião.
Os dados reforçam a necessidade
de prevenção e proteção por partes
de todos. As medidas de higienização
são obrigatórias mais do que nunca,
independente do lugar onde se mora.
Exemplo disso é Osvaldo Cruz que viu,
em apenas uma semana, a quantidade
de registros positivos saltar de 11 para


  1. Não pode haver descuido!
    Os cuidados se fazem ainda mais
    necessários, e urgentes, se considerarmos tam-
    bém as consequências econômicas da pandemia.
    Apesar de junho o número de solicitações de
    seguro-desemprego ter diminuído, a microrregião
    sofre os impactos das restrições impostas aos se-
    tores do comércio e serviços. Se as contaminações
    continuarem na mesma velocidade, não há muitas
    perspectivas de reclassificação da região no plano
    de retomada da economia do Governo do Estado.
    Falando em governo estadual, a região sobre
    a cada dia a falta de políticas públicas eficazes
    para a solução dos problemas. Mais um exem-
    plo que podemos citar é a interdição de ponte
    sobre o rio Aguapeí, na SP-425 (rodovia Assis
    Chateaubriand).
    Há 10 meses o local foi fechado para melho-
    rias, já que a estrutura está comprometida devido
    à falta de manutenção e o excesso de veículos.
    Agora, todo o tráfego de veículos é direcionado
    para as vicinais da região, comprometendo as
    estruturas de vias que não comportam o trânsito
    atual.
    Porém, felizmente ainda existem ações que
    motivam ter esperança sobre o futuro. E a unida-
    de do Sest Senat é exemplo disso! Investimento
    privado, a partir de contribuições de empresas
    do transporte rodoviário, que se transforma em
    mais profissionalização e qualidade de vida para o
    trabalhador do setor.
    No local há equipamentos modernos, como si-
    mulador de direção de caminhão, carreta e ônibus
    importado dos Estados Unidos, que possibilitam o
    aperfeiçoamento de motoristas profissionais.


Silva & Monarin Editora Ltda ME.
CNPJ - 02.463.047/0001-

COMERCIAL
Alessandro dos Santos - 18 9.9711-7458 - alessandro@gimpacto.com.br
Rogério Grespi - 18 99736-2449 - rogerio@gimpacto.com.br

DISTRIBUIÇÃO | FINANCEIRO | ASSINATURAS
Diego Mateus - 18 9.9671-9775 - diego@gimpacto.com.br
DIAGRAMAÇÃO
Gustavo Oliveira - 18 9.9766-0349 – criacao@gimpacto.com.br

http://www.impactonoticias.com.br
Rua Euclides da Cunha, 4 - Centro - Adamantina-SP - CEP 17800-

O adamantinense é um povo de fé. Exemplo disso é a participação intensa nas celebrações reli-
giosas, independente da doutrina. E em momentos como o que vivemos atualmente é necessá-
rio acreditar em dias melhores. Um dos pontos mais frequentados pelos católicos da cidade é a
imagem de Nossa Senhora Aparecida no trevo principal – local de fé e oração!

Atualmente, o emprego con-
vencional, subordinado, com
habitualidade, assalariado, por
prazo indeterminado, em tempo
integral e protegido pela CLT se
estabelece como a relação de tra-
balho predominante. Mas cres-
cem, a cada dia, novas formas de
trabalhar – trabalho atípico, fle-
xível, casual, independente, au-
tônomo, por projeto, por aplicati-
vos, em parceria e outras. Todas
se afastam das características do
emprego convencional. Na Euro-
pa e nos Estados Unidos, 25% das
pessoas trabalham dessa manei-
ra. A tendência é de um cresci-
mento acelerado. O diretor-geral
da Organização Internacional do
Trabalho (OIT), Guy Ryder, acre-
dita que, em poucos anos, as no-
vas formas de trabalhar se torna-
rão majoritárias, fazendo parte

de um novo estilo de vida.
Em 2002, a própria OIT re-
conheceu a existência dos traba-
lhadores cujas atividades estão

fora do alcance das proteções do
vínculo empregatício. Os casos
clássicos são os dos profissionais
liberais, que trabalham por con-
ta própria ou como integrantes
de organizações nas quais têm
total autonomia de ação e ampla
liberdade, sem nenhuma subor-
dinação jurídica. Os casos mais
recentes são os motoristas de
Uber, os entregadores (delivery),
os personal trainers e os profis-
sionais ligados à prestação de
serviços pessoais – enfermeiros,
cuidadores, fisioterapeutas, ca-
beleireiros, barbeiros, manicu-
res e outros. Para esses profissio-
nais, as proteções convencionais
da CLT não se aplicam, porque
eles não são empregados. O seu
trabalho é marcado pela autono-
mia e pela liberdade. Mas, é cla-
ro, eles precisam de proteções.

É preciso garantir a segurança jurídica


de profissionais dos salões de beleza


CIRCULAÇÃO
Adamantina – Lucélia – Osvaldo Cruz – Parapuã – Rinópolis
Salmourão – Sagres – Inúbia Paulista – Pracinha – Mariápolis
Flórida Paulista – Pacaembu – Irapuru – Flora Rica
TIRAGEM
4 mil exemplares
SOCIAL
Q E w@portaldoimpacto

EXPEDIENTE
Diretor e jornalista responsável - MTb - 46.188/SP
Sérgio Vanderlei | 18 9.9739-
sergio@gimpacto.com.br
Editor
João Vinícius | 18 9.9652-
joaovinicius@gimpacto.com.br
Redação
Dayane Milani | 18 9.9824-
dayane@gimpacto.com.br

Opinião


WWW.
IMPACTONOTICIAS.COM.BR/

ACESSE OPINIÃO


Oração para


todos os


momentos!


GUSTAVO
CASTELLON
criacao@gimpacto.com.br

JOSÉ PASTORE
Presidente do Conselho de
Emprego e Relações do Trabalho da
FecomercioSP

NOSSA MISSÃO


“Informar, defender os interesses
coletivos, promover a discussão de idéias
e estimular a prática da democracia.”

TELEFONE | WHATSAPP
18 3522-1199 | 99799-

FOTO DA SEMANA


Os óbitos concen-
tram na população
acima dos 60
anos. Enquanto as
contaminações são
mais frequentes com
quem tem menos de
50 anos de idade”.

Free download pdf