IMPACTO - 10-07-2020

(IMPACTO) #1

10 DE JULHO DE 2020 5


WWW.
IMPACTONOTICIAS.COM.BR/


CIDADES ACESSE


Região


Com interdição de ponte na


SP-425, vicinal entre Rinópolis


e Piacatu deve receber


melhorias do Estado


JOÃO VINÍCIUS
joãovinicius@gimpacto.com.br


A vicinal que liga Rinópolis à
Piacatu deve receber investimentos
do Governo do Estado. Essa é a ex-
pectativa do prefeito José Ferreira
de Oliveira Neto (PSDB), que cobra
obras para melhorar a trafegabilida-
de da via.
Desde 10 de setembro do ano
passado, a estrada recebe o tráfego
da SP-425 (rodovia Assis Chateau-
briand), interditada entre Rinópolis
a Santópolis do Aguapeí para cons-
trução de nova ponte sobre o rio
Aguapeí.
O aumento da demanda, prin-
cipalmente de caminhões, fez com
que a ligação intermediaria entre as
duas cidades ficasse comprometida,
trazendo riscos para quem utiliza a
vicinal. Nesta semana o gestor de Ri-
nópolis visitou o local.
“Embora o DER de Presidente
Prudente [Departamento de Estra-
das e Rodagens] trabalhe no sentido
de minimizar os estragos, a pista de
rolamento da estrada está em situa-
ção de alerta, face ao grande tráfego
de veículos pesados que usam a nos-
sa vicinal, o que ocorreu logo após a
interdição da SP-425”, explica Neto.
O deputado estadual Mauro Bra-
gato (PSDB) informou que a Secre-
taria de Transportes do Estado de
São Paulo vai executar os serviços
de conservação, recapeamento, sina-
lização e elementos de segurança na
vicinal.
“Fomos informados que o Gover-
no do Estado liberou o valor de R$
735 mil para recape da vicinal, o que


Vicinal RNP-
recebe obras de
conservação do
DER até melho-
rias definitivas
do Estado|
Foto: Divulgação/
Prefeitura de
Rinópolis

Policiais milita-
res desenvolvem
programa ‘Vizi-
nhança Solidá-
ria’ em Flórida
Paulista | Foto:
Diego Fernandes/
Folha Regional

Vicinal é utilizada como rota alternativa desde setembro do ano passado


‘Vizinhança Solidária’ une polícia


e população floridense para


melhorar segurança


MAIS SEGURANÇA


DAYANE MILANI
dayane@gimpacto.com.br
Com o objetivo de res-
gatar o entrosamento en-
tre os moradores do mes-
mo bairro e estabelecer
um vínculo solidário entre
eles, a Polícia Militar de
Flórida Paulista implan-
tou o programa ‘Vizinhan-
ça Solidária’.
As ações estão sendo
desenvolvidas no bairro
Hollywood desde mar-
ço, e atende cerca de 90
moradores. E, no bairro
da zona rural São Simão,
abrange cerca de 40 pes-
soas. Todo o contato entre
os moradores é feito por
meio de aplicativo de ce-
lular, porém, o sargento
Paulo Tomas D’Aquino,
comandante do 4º Grupa-
mento de Polícia Militar
de Flórida Paulista, orien-
ta que em toda situação
suspeita as viaturas mili-
tares devem ser acionadas
por meio do telefone 190.
Em maio o Programa
também foi implantado
na Escola Estadual Pércio
Gomes Gonzalez. Na épo-
ca foram feitas reuniões
com os grupos e orienta-
do sobre a importância da
parceria e conscientização
de segurança primária
para comunidade. Os bair-
ros estão identificados por
placas.
“O ‘Vizinhança Solidá-
ria’ foi bem aceito e esta-
mos em tratativas para ex-
pandir para mais bairros,
conseguindo, assim, par-
ticipação da comunidade
para a melhoria da segu-
rança pública”, explica o
comandante D’Aquino.
O Programa é um con-
junto de medidas destina-
das a conscientizar as pes-
soas de uma comunidade
da sua importância e res-
ponsabilidade na sua se-
gurança pessoal e coletiva.
Visa incentivar às ações de
prevenção nos locais onde
moram, trabalham ou es-
tudam. Na prática a inicia-
tiva é de adesão voluntária,

esperamos que aconteça rapidamen-
te diante do estado preocupante em
que se encontra a estrada RNP-010”,
disse Neto.

PONTE SP-
Já sobre a ponte sobre o rio
Aguapeí, na SP-425, o parlamentar
estadual disse que uma empresa já
foi contratada para iniciar as obras
no km 348. A obra inclui a demoli-

ção da antiga estrutura e a execução
de alteamento de greide, conforme
especificado no projeto executivo.
A ponte está comprometida e
não suporta tráfego desde o início
de 2019, forçando um desvio longo
para todos os veículos. Ainda, se-
gundo do DER, a nova estrutura
que será construída terá um inves-
timento de aproximadamente R$
14,5 milhões.

A SP-294 (rodovia Coman-
dante João Ribeiro de Barros)
recebe melhorias entre Inúbia
Paulista e Osvaldo Cruz até do-
mingo (12), entre os km 567 e 580.
A recuperação da pavimentação
é realizada pela concessionária
Eixo SP.
Diariamente, os serviços são
executados das 7h às 18h. “São
operações das frentes de traba-
lho preparadas para colocar em
prática os investimentos iniciais
que irão transformar as rodovias

SP-294 recebe melhorias entre


Inúbia Paulista e Osvaldo Cruz


da região logo nos meses iniciais
da Concessão. Toda esta inten-
sa movimentação de máquinas e
homens, no entanto, demanda a
compreensão e os cuidados de mo-
toristas que transitam pelo corre-
dor Eixo SP”, afirma José Geraldo
de Andrade, superintendente de
Obras da Concessionária.
Também, nesta semana, a em-
presa iniciou a instalação da rede
de fibra ótica, que totaliza uma
extensão de 338 quilômetros, de
Bauru a Panorama.

aberto a qualquer pessoa.
Segundo o comandan-
te, a ideia é que um passe
a olhar pelo outro e gerar
um estado de segurança
comum entre os morado-
res. “O Programa é um
instrumento de prevenção
social e uma ferramenta de
prevenção primária, que
consiste nas ações desti-
nadas a evitar ou reduzir
a ocorrência de infrações
penais por meio da identi-
ficação, avaliação, ou redu-
ção de condições propícias
ao delito, como: falta de ilu-
minação, terrenos baldios,
buracos nas ruas, imóveis
ou veículos abandonados,
entre outros”, diz.
‘Vizinhança Solidária’
já é visto por especialis-
tas em segurança pública
como uma das mais efi-
cientes ferramentas da
Polícia Comunitária vol-
tada para a mobilização
social em prol da seguran-
ça pública.

PAPEL DA
POLÍCIA MILITAR
A Polícia Militar é res-
ponsável por ofertar aos
integrantes da comunida-
de ou seus representantes
a implantação do progra-
ma, a realização de pales-
tras de conscientização
sobre ações de prevenção
primária acerca de medi-
das básicas de segurança
pessoal e coletiva. A comu-
nidade deve se organizar
buscando a aproximação
de seus integrantes para
implementação do Pro-
grama e escolher quem
serão os tutores.

PROGRAMA
GRATUITO
A implantação do pro-
grama é gratuita, sendo
que a comunidade poderá,
caso considere necessário,
custear equipamentos de
segurança, de comunica-
ção ou elaboração de pla-
cas de identificação, que
serão colocadas nos locais
onde o programa é desen-
volvido.
Free download pdf