IMPACTO - 14-08-2020

(IMPACTO) #1

2


14 DE AGOSTO DE 2020

As eleições


2020 já batem


na porta!


EDITORIAL


odem falar que não é momen-
to de se discutir política de-
vido a pandemia de Covid-19,
mas as eleições 2020 estão
marcadas e no próximo dia 31
inicia o período de convenções
partidárias, quando serão decididos os
candidatos de 15 de novembro.
Apesar de muitos dos propensos são
assumirem as intenções publicamente,
nos bastidores públicos as articulações
estão intensas, visando formações de
alianças e grupos que efetivam as candi-
daturas.
Nesta semana o IMPACTO traz o
perfil do tão disputado eleitorado, que
retraiu em 13 das 14 cidades da micror-
região. Apesar da porcentagem parecer
insignificante, diminuição de cerca de 3%,
a quantidade se torna expressiva
se considerar a média nacional:
crescimento de 2,66% em relação
às eleições de 2016. A microrre-
gião está na contramão do país,
que teve aumento na quantidade
de eleitores aptos a votar.
Também, nesta edição, tem
entrevista com mais um pré-
-candidato a prefeito de Lucélia,
desta vez Sérgio Belarmino, do
PT (Partido dos Trabalhadores).
O educador se junta com ou-
tros dois nomes que pretendem
disputar o pleito contra o atual prefeito,
Carlos Junior, que ainda não anunciou a
busca pela reeleição com a justificativa de
que não é momento de se discutir políti-
ca.
Nesta mesma entrevista o gestor faz
avaliação positiva de seu mandato e des-
taca principais conquistas.
E, falando em boas notícias para po-
pulação, as últimas semanas estão sendo
marcadas por inaugurações de empreen-
dimentos públicos. Em Adamantina, por
exemplo, foram três obras de expressivi-
dade entregues a comunidade: melhorias
do Parque dos Pioneiros, reforma do
Parquinho do Foguete e conclusão de
posto de saúde no Jardim Brasil.
Apesar de muitos ainda não con-
cordarem com este debate, as eleições
municipais já batem na porta, daqui a
pouco de forma oficial para conquistar o
tão desejado voto!
É avaliar para escolher bem.

Silva & Monarin Editora Ltda ME.
CNPJ - 02.463.047/0001-

COMERCIAL
Alessandro dos Santos - 18 9.9711-7458 - alessandro@gimpacto.com.br
Rogério Grespi - 18 99736-2449 - rogerio@gimpacto.com.br

DISTRIBUIÇÃO | FINANCEIRO | ASSINATURAS
Diego Mateus - 18 9.9671-9775 - diego@gimpacto.com.br
DIAGRAMAÇÃO
Gustavo Oliveira - 18 9.9766-0349 – criacao@gimpacto.com.br

http://www.impactonoticias.com.br
Rua Euclides da Cunha, 4 - Centro - Adamantina-SP - CEP 17800-

Academias e restaurantes de Adamantina voltaram a atender o público presencialmente nesta semana. A
permissão foi anunciada na sexta-feira (7), pelo Governo do Estado, que avançou os municípios pertencentes
ao DRS de Marília (Departamento Regional de Saúde) da fase laranja para amarela no Plano São Paulo.
De segunda à sexta-feira, das 11h às 17h, está permitido o atendimento presencial do comércio, serviços,
bares, restaurantes e similares para consumo local e, ainda, salões de beleza e barbearia. Já as academias de
esportes de todas as modalidades e centros de ginástica podem funcionar das 6h às 9h e das 17h às 20h.

O seu celular pode estar ainda na
velocidade 3G, mas o Brasil já está se
preparando para ter uma internet que
é 10 vezes mais rápida do que o 4G e
pode transformar a sua vida (mesmo
que você continue com o seu aparelho
velhinho!). Como isso é possível? A
internet 5G vem para fazer com que
tudo seja digital e, consequentemente,
a sociedade seja mais desenvolvida.
Para se ter uma ideia, até a pecuá-
ria pode ser impactada com a chegada
do 5G. Vários países já estão testando
tecnologias que monitoram o reba-
nho com coleiras conectadas à inter-
net. Quando a nova velocidade estiver
em vigor, será possível fazer este mo-
nitoramento em tempo real, com uma
transmissão de dados instantânea.
Isso vai dar mais segurança sanitária,
vai fazer com que o controle de qua-
lidade seja mais preciso e, inclusive,
pode gerar um preço mais competiti-
vo, pois os custos operacionais serão
reduzidos.
Já pensou se o Brasil, o maior ex-
portador de carne bovina, fica de fora
desta revolução? Seria um retrocesso
gigante à nossa economia e ao nosso
desenvolvimento. Por estes riscos, o
mundo inteiro está em uma corrida
pelo 5G. O Brasil está se preparando,
mas ainda timidamente e sem ne-
nhum passo efetivo.
Nesta semana, a Agência Nacio-
nal de Telecomunicações, a Anatel,
começou a preparar editais para que
as empresas de tecnologia comecem a
preparar suas antenas para a chegada
do 5G. Todo um reordenamento téc-
nico está sendo planejado para que a
nova tecnologia seja possível no Bra-
sil, sem provocar interferências no

sistema já operante. Apesar disto, ain-
da não há data para um possível leilão
e para uma real implantação do 5G.
Todas estas negociações geram
uma ansiedade muito grande de to-
dos os setores, e não só o de tecnolo-
gia. A indústria, a construção civil, a
saúde, todos estão começando a ter
ideia de como o 5G, uma velocidade
de transmissão de dados praticamen-
te instantânea, pode revolucionar a
vida de todo mundo além do digital.
Hoje em dia, a internet já tem mu-
dado nossa rotina. A TV da sua casa
é conectada à internet, a cortina, a
luz... Com o 5G a eficiência disto tudo
será maior e, além disto, um universo
de novas possibilidades pode surgir.
Uma construção, por exemplo, pode-
rá ser feita utilizando-se da tecnologia
para detectar, em tempo real, vaza-
mentos ou irregularidades, otimizan-

do o desempenho das obras.
Além disto, há o aspecto social
que o 5G pode proporcionar. Hoje
em dia, sabemos da dificuldade, por
exemplo, de cuidar da saúde de po-
pulações vulneráveis, onde não há as-
sistência médica disponível. Há testes
sendo feitos para que, graças ao 5G,
até mesmo cirurgias possam ser fei-
tas à distância por meio das imagens
de alta definição e da transmissão de
comandos em tempo real.
Para que tudo isto aconteça, é
necessário, primeiro, que o governo
tenha agilidade na implantação jun-
to às empresas de tecnologia. E, em
segundo lugar, é preciso um planeja-
mento para que o acesso a todas estas
consequências econômico-sociais de
uma internet super rápida possa che-
gar para todo mundo.
No início deste texto, falei que o
5G vai mudar a sua vida mesmo que
o seu celular não pegue nem o 4G ain-
da. E, de fato, isso é verdade. O 5G vai
mudar a forma como você emite um
documento, a forma como você se re-
laciona com o poder público e, como
citei, até mesmo a forma como você
cuida da sua saúde.
Ficar para trás nesta corrida que
o mundo inteiro trava em prol do 5G
é adiar uma realidade de desenvolvi-
mento do país. Quem já assistiu aos
Jetsons vibrava ao ver os carros se
movimentando no ar sem encosta-
rem uns nos outros, ou com os eletro-
domésticos atendendo a comandos
de voz e prestando as tarefas com
exatidão. Isso tudo, que parecia im-
possível, já está sendo real e testado
no mundo todo, graças à velocidade e
eficiência do 5G.

O 5G pode mudar a sua vida


e você nem imagina


CIRCULAÇÃO
Adamantina – Lucélia – Osvaldo Cruz – Parapuã – Rinópolis
Salmourão – Sagres – Inúbia Paulista – Pracinha – Mariápolis
Flórida Paulista – Pacaembu – Irapuru – Flora Rica
TIRAGEM
4 mil exemplares
SOCIAL
Q E w@portaldoimpacto

EXPEDIENTE
Diretor e jornalista responsável - MTb - 46.188/SP
Sérgio Vanderlei | 18 9.9739-
sergio@gimpacto.com.br
Editor
João Vinícius | 18 9.9652-
joaovinicius@gimpacto.com.br

Opinião


WWW.


IMPACTONOTICIAS.COM.BR/

ACESSE OPINIÃO


Após 140


dias de


portas


fechadas


GUSTAVO
CASTELLON
criacao@gimpacto.com.br

VINICIUS MARCHESE
Engenheiro de telecomunicações e
presidente licenciado do Crea-SP
Q @viniciusmarchese
M youtube.com/Vimarchese

NOSSA MISSÃO


“Informar, defender os interesses
coletivos, promover a discussão de idéias
e estimular a prática da democracia.”

TELEFONE | WHATSAPP
18 3522-1199 | 99799-

FOTO DA SEMANA


A microrregião
está na contra-
mão do país, que
teve aumento na
quantidade de
eleitores aptos a
votar.

Free download pdf