PCGuia264-Janeiro-2018-opt

(NONE2021) #1

CANON POWERSHOT G1 X


MARK III


A moda das máquinas fotográficas avançadas com sensores de
grande dimensão veio para ficar. E a Canon, com a nova G1X Mark III,
acaba por “partir a loiça toda”. Esta câmara é, tecnicamente, uma
DSLR compacta, ao utilizar um sensor do tipo APS-C, significati-
vamente superior aos sensores de uma polegada de modelos rivais
como as Sony RX100, Panasonic Lumix LX e Fujifilm X100, ou o sensor
de 1,5 polegadas da sua antecessora G1X Mark II.
Além do sensor de maior dimensão, esta G1X Mark III recebe o
processador de imagem avançado DIGIC 7 e o eficaz sistema Dual
Pixe AF de focagem automática, similar ao utilizado em modelos
como a EOS 77D. Ergonomicamente, a G1X Mark III é equivalente
à EOS M5, com a vantagem de ter uma objectiva zoom fixa,
tornando-a mais leve e compacta. Porém, a objectiva integrada
garante uma amplitude focal equivalente a um zoom óptico
de 3x (entre 24 a 72 mm), com uma abertura semelhante à de
uma objectiva kit, com f/2.8 a f/5.6. Independentemente dessa
limitação, o resultado é surpreendente, sendo esta G1X Mark III
uma das máquinas compactas avançadas mais surpreendentes
que testámos nos últimos tempos, não só em termos de funciona-
lidades como de qualidade de imagem, mesmo em situações com
luminosidade insuficiente e sensibilidade ISO elevada até a 3200,
tal como as últimas EOS com sensores APS-C que testámos.
Tal como estas, a captação de vídeo continua limitada a FullHD
(embora a 60 fps), uma limitação estranha se tivermos em conta
que tanto o modelo da Sony como da Panasonic conseguem captar
vídeo em 4K. G. Dias

Se existe marca que tem feito
um excelente trabalho nos
últimos tempos em tentar
inovar com produtos acessíveis
e de excelente qualidade de
construção, tem sido a NZXT.
Além da caixa H700i, que
testámos nesta edição, temos
aqui o excelente sistema de
arrefecimento Kraken X52.
Composto por um bloco de água
com base em cobre, e bomba
embutida no mesmo, este
modelo destaca-se dos restantes
disponíveis na gama Kraken por
utilizar um radiador de 240 mm,
ou seja, permite a instalação de
duas ou quatro ventoinhas de
120 mm para dissipador o calor
existente no circuito líquido
fechado. Se no radiador pouco há
a falar, é no mesmo que somos
surpreendidos pelo facto da NZXT
não ter problemas em esconder a
origem do seu produto, a Asetek,
que é o principal fabricante de
praticamente todos os sistemas
de arrefecimento liquido
fechados do mercado (Corsair,
Cooler Master, entre outros).
É no bloco que encontramos
os factores diferenciadores
deste sistema, como o facto
de possuir uma superfície

circular espelhada, que permite
tirar partido do sistema de
iluminação RGB, que pode
posteriormente ser controlado
através do software CAM da
NZXT, compatível com todos os
produtos da NZXT compatíveis,
como o revolucionário
controlador da já referida caixa
H700i. A atenção ao detalhe
é impressionante, como a
aplicação de uma camada de
nylon à tubagem, para evitar
possíveis danos na tubagem
durante a montagem do sistema.
No que toca ao desempenho,
temos a revelar que este foi, em
conjunto com o Noctua NH-U14S,
um dos únicos sistemas de
arrefecimento que nos permitiu
testar o AMD Ryzen Threadripper
1950x, sendo igualmente
compatível com todos os
restantes encaixes disponíveis
no mercado, incluindo os Intel
LGA-1150, 1151, 2011, 2011 v3, 2066
e os AMD AM4.
Em termos de desempenho, o
NZXT Kraken X52 superou todos
os resultados obtido, incluindo
o excelente Scythe Mugen 5 e o
Cryorig R1 Ultimate em mais de 6
graus de temperatura em carga.
G. Dias

NZXT KRAKEN X52


PONTO FINAL
Tecnologicamente, este modelo é parecido ao EOS M5, embora o facto de incluir uma
objectiva fixa garanta maior portabilidade, tornando-se uma das máquinas compactas
mais avançadas e eficientes do mercado, em termos de fotografia.

PONTO FINAL
Se o conceito de um sistema de arrefecimento líquido o fascina, ou procura um
sistema capaz de oferecer um arrefecimento eficaz constante, o NZXT Kraken X52
poderá ser a solução ideal, com a vantagem de ter um visual atraente e incluir
software de gestão eficaz.

88 / PCGUIA


Qualidade de imagem Portabilidade Não grava a 4K
Distribuidor: Canon Site: canon.pt Preço: €1299
CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS
Sensor: CMOS APS-C de 24,2 MP Processador de Imagem:
DIGIC 7 Ecrã: 3 polegadas articulável e táctil Gravação de
Vídeo: 1920 x 1080 a 60 fps Objectiva: 24-72 mm (f/2.8-5.6)
Dimensões: 115 x 78 x 51 mm Peso: 399 gr

PREÇO / QUALIDADE
2

QUALIDADE DE IMAGEM 3
EXPERIÊNCIA DE UTILIZAÇÃO
3,5 PREÇO / QUALIDADE
2,5

FUNCIONALIDADES
2
EXPERIÊNCIA DE UTILIZAÇÃO
4

Desempenho Suporte de encaixes Preço
Distribuidor: NZXT Site: nzxt.com Preço: €149,99
CARACTERÍSTICAS TÉCNICAS
Materiais usados: Cobre na base, alumínio no radiador
Encaixes: Intel LGA 1150 a 2066, AMD AM2 a AM4, FM1
a FM2+ e TR4 Dimensões: 275 x 123 x 30 mm (radiador),
80 x 80 x 53 mm (bloco) Peso: 1,08 Kg
Ventoinhas: 2 x Aer P120 Nível de ruído: 21 a 36 dBa
Free download pdf