PCGuia275-Dezembro-2018-opt

(NONE2021) #1

14 / PCGUIA


‘SINGLE-USE’ É A PALAVRA DO ANO


Todos os anos o Dicionário Collins revela
qual é a palavra do ano e, em 2018, a mais
mencionada foi single-use, que poderá ser
traduzida para ‘uso único’ ou ‘descartável’,
em português. O termo refere-se a
produtos que muitas vezes são feitos

de plástico e para apenas serem usados
uma vez, tornando-os não sustentáveis e
prejudiciais para o planeta. De acordo com
os responsáveis da Collins, isto reflecte
uma «crescente consciência global em
relação às questões ambientais». M. Freire

SPACEX FAZ NOVO
LANÇAMENTO COM SUCESSO
A empresa fundada por Elon Musk lançou novamente
um foguetão Falcon 9 que deixou um satélite em
órbita, tendo voltado à atmosfera e aterrado com
sucesso. Esta é a 18.ª missão da SpaceX em 2018 e
iguala o número conseguido em 2017. A reutilização
de mais um foguetão dá boas indicações para o futuro
das viagens espaciais que a companhia quer fazer.

SISTEMA DA INTEL REDUZ ACIDENTES
A Intel anunciou que o seu sistema de assistência
à condução Mobileye, presente nos autocarros da
Abellio London, conseguiu reduzir o número de colisões
em 29% durante os testes realizados desde Maio de


  1. O sistema, que consiste numa câmara instalada
    no para-brisas dianteiro e um ecrã junto ao condutor,
    emite alertas visuais e sonoros sempre que há risco
    de colisão e veículos em excesso de velocidade.


AIRBNB ANUNCIA RECEITAS RECORDE
A startup de aluguer de casas e quartos está no bom
caminho para conseguir ser uma empresa rentável
pelo segundo ano consecutivo. Depois de em 2017,
ter dado lucro pela primeira vez e antes de lançar a
sua IPO (oferta pública de venda), o Airbnb anunciou
receitas no valor de mil milhões de dólares, cerca de
870 milhões de euros, no terceiro trimestre de 2018.

FACEBOOK RETEVE
INFORMAÇÕES DA RÚSSIA
O Facebook continua em maus lençóis. Uma
reportagem do New York Times revelou que a rede
social reteve informação sobre a interferência da
Rússia nas eleições norte-americanas e que sabia da
compra de milhões de anúncios por parte de agentes
russos. A empresa já negou estes factos mas é certo
que a rede social tem estado envolta em diversas
polémicas.

ACTUALIZAÇÕES DO
WINDOWS 10 COM PROBLEMAS
A Microsoft não tem tido sorte com as suas últimas
actualizações do mais recente sistema operativo,
nomeadamente o October 2018 Update. Apesar de
já não apagar ficheiros, a segunda versão do update
mostra problemas com gráficas AMD e com placas
de rede.

FALHA NO INSTAGRAM
EXPÕE PASSWORDS
A rede social confirmou algumas passwords dos
utilizadores ficaram acessíveis devido a uma falha de
segurança. O problema estava ligado à funcionalidade
que permite aos utilizadores fazerem o download de
todos os seus dados e que foi
implementada na altura da
entrada em vigor do RGPD,
na Europa.

YOUTUBE MUSIC E YOUTUBE


PREMIUM CHEGAM A PORTUGAL


n Os serviços Youtube Premium e Youtube
Music estão oficialmente disponíveis em
Portugal. O Youtube Premium permite a
visualização de vídeos sem publicidade e
também a reprodução de áudio enquanto
o dispositivo está com o ecrã desligado o
que é útil por exemplo quando está a fazer
exercício físico ou em viagens de carro.
O Youtube Music entra no mercado
nacional para competir directamente com
o Spotify, com o Apple Music e tem uma
aplicação específica para iOS e Android
e um novo player web para computador.
Segundo a Google, o serviço consegue
combinar todas as versões oficiais dos
temas e permite o acesso a milhares de
playlists relacionadas, remixes, covers,
versões ao vivo e a videoclipes.
Talvez a função mais diferenciadora deste
serviço em relação aos outros já presentes
no nosso mercado é a integração de
funcionalidades de inteligência artificial
avançadas no sistema de busca.
No YouTube Music pode procurar temas
através de termos mais vagos que noutros
serviços similares. Por exemplo, pode
procurar por ‘música do Star Wars’ para
aceder às bandas sonoras dos filmes, ou
ainda utilizar um pedaço da letra de um

tema para o encontrar no catálogo do
serviço. O YouTube Music também lhe faz
recomendações de temas consoante o
seu histórico de audição, o sítio onde se
encontra ou a hora do dia. No que respeita
a preços, depois de terminar o período
de teste de um mês, estão disponíveis
assinaturas individuais (6,99 euros para
o Music e 8,49 euros para o Premium)
ou de família (até cinco pessoas) que,
curiosamente têm preços diferentes
consoante a plataforma onde os utilizar
(iOS ou Android) com valores a partir
de 10,99 euros.
Free download pdf