Dragões - 201609

(PepeLegal) #1
Jorge Nuno Pinto da Costa

REVISTA DRAGÕES setembro 2016

PÁGINA DO PRESIDENTE 07


P


or obrigação das funções que
desempenho mas essencialmen-
te por prazer e vontade de conviver
com o povo portista, ninguém conhe-
cerá tão bem a realidade das casas do
FC Porto como eu. A cada visita fico
com mais certezas sobre a vitalida-
de do nosso clube e com a noção de
que a militância no FC Porto é cada
vez mais sentida e profunda. Estive
em Marco de Canaveses, onde pude
constatar a comunhão de todos com
o clube, a dedicação de tantos sócios
e adeptos para fortalecer a nossa pre-
sença. Os Dragões Marcoenses são
mais um exemplo de união em torno
de um objetivo comum. É esse o ca-
minho que quero manter no FC Porto,
com todos unidos em torno do valor
mais alto de todos, que é a defesa e o

engrandecimento do FC Porto. Conto,
como sempre, com todos, cada um à
sua maneira, com as suas ideias, com
as suas opiniões, mas sempre com o
FC Porto como valor supremo.

A


nota triste do dia passado em
Marco de Canaveses foi a notícia
do falecimento do Dragão de Honra
António Barbosa de Melo, que foi um
grande portista e que defendeu sem-
pre o FC Porto mesmo quando as obri-
gações o fizeram ficar longe da nossa
cidade, como quando desempenhou
a função de presidente da Assembleia
da República. Homem de princípios e
de diálogo, o prof. dr. Barbosa de Melo
deixa um legado de quem soube sem-
pre defender as suas ideias sem preci-
sar de diminuir as dos outros. Já não

FC PORTO, O VALOR SUPREMO


há muitos homens assim.


E


talvez por já não haver muitos
homens assim é que continuamos
a assistir ao comportamento degra-
dante de tanta gente na televisão, os
chamados comentadores. O FC Porto
está completamente à vontade. Para
começar, porque felizmente os que se
apresentam como adeptos do nosso
clube estão longe de fazer as figuras
tristes de outros, mas fundamental-
mente porque o FC Porto não indica
ninguém para esses programas, logo
não está representado, nem se sente
representado. Daqui ninguém leva cá-
bulas ou recebe mensagens, porque
jamais o FC Porto contribuirá para pro-
gramas que, no geral, têm feito muito
mal ao futebol.
Free download pdf