IMPACTO - 21-01-22

(IMPACTO) #1

21 DE JANEIRO DE 2022 COVID-19 7


Adamantina


registra a 149ª


morte por


cov id-


Um homem, de 84
anos, é a 149ª morte
por covid-19 em Ada-
mantina. A informa-
ção foi divulgada pela
Secretaria de Saúde
nesta quinta-feira (20).
O óbito é registrado 50
dias depois do caso
anterior, informado
em 1º de dezembro do
ano passado.
Conforme a pasta,
a vítima possuía his-
tórico de comorbidade
e já havia encerrado o
período de isolamen-
to, estando internado
para tratamento das
complicações pela do-
ença.
Ainda, em rela-
ção as internações, a
Secretaria de Saúde
informou que uma
paciente de 14 anos
foi transferida para o
Hospital das Clínicas
de Marília, na ala de
enfermaria, para tra-

APÓS 50 DIAS


DA REDAÇÃO
redacao@gimpacto.com.br
Em 21 de janeiro de 2021, a en-
fermeira Daiane Stefani Périco
recebia a primeira dose da vacina
contra covid-19 em Adamantina.
Um ano depois, 73.037 doses foram
aplicadas no Município. Conforme
o Governo do Estado, 87,42% da
população está com ciclo vacinal
iniciado.
Ao IMPACTO, a profissional
que atua na Santa Casa e Clínica
PAI (Polo de Atividades Integra-
das) reforça a importância da imu-
nização. “Neste um ano muita coi-
sa mudou, muita coisa aconteceu.
No pico da pandemia perdemos
muitas pessoas, mas tivemos tam-
bém muitas vitórias. A chegada da
vacina reacendeu a chama da espe-
rança em nossos corações e, desde
então, tudo foi melhorando e hoje
conseguimos ver claramente o re-
flexo que a imanização ocasionou.
Sim, temos um grande número de
pessoas com covid-19, porém, com
sintomas leves e não estamos ten-
do internações graves, e tudo isso
devemos a vacina!”, afirma.
Desde o início da pandemia, a
enfermeira atuou na ala covid da
Santa Casa local, experiência para
a vida, ressalta. “Uma experiência
que levarei para sempre comigo.
Agradeço a Deus por me capaci-

tar e tantos outros profissionais
da área da saúde que atuaram no
combate deste vírus. Todos foram,
e estão sendo, heróis. Devemos
nos orgulhar, pois participamos
de um momento histórico. Quan-
do todos não sabiam o que fazer, os
profissionais da saúde estavam na
linha de frente no combate ao co-
ronavírus e ajudando tantas pes-
soas. Infelizmente algumas lutas
foram perdidas, mas, como disse,
tivemos muitas vitórias, pesso-

Há um ano Adamantina vacinava 1ª


pessoa contra covid-


Estado aponta que 87,42% da população está com ciclo vacinal iniciado


as que voltaram as suas famílias,
pessoas que conseguiram uma
nova oportunidade de vida e rea-
lizar seus sonhos”.
Para ela, o atual cenário epide-
miológico reforça a necessidade
de imunização. “A luta continua,
os cuidados continuam, mas gra-
ças a vacina podemos viver mais
tranquilos, então, vacine-se! Essa
é uma atitude de amor com você e
pelo outro. A sua vida importa”,
finaliza Daiane.

tar também compli-
cações relativas à co-
morbidade associada
à covid-19.
Consta ainda na
atualização de ontem
três hospitalizações
de moradores locais,
sendo uma na enfer-
maria e dois em UTI
(Unidade de Terapia
Intensiva).

OUTROS DADOS
Conforme divulga-
do pela Secretaria de
Saúde, Adamantina
conta com 5.250 ca-
sos de covid-19 desde
o início da pandemia,
sendo 128 positivados
ontem.
A atualização traz
também 37 novos ca-
sos ativos, totalizando
564 moradores com a
doença ativa. Há ainda
23 exames aguardan-
do resultados.
D.R.

Enfermeira Daiane Stefani Périco – primeira vacinada contra covid-
em Adamantina Foto: Arquivo pessoal
Free download pdf