(Antfer) #1
A produção de papel nasce de um ciclo virtuoso, que
começa na utilização de matéria-prima natural – a
floresta renovável, que é também a principal fonte
terrestre de captura e fixação de CO 2 –, segue um
processo de fabrico que valoriza a sustentabilidade dos
recursos naturais e resulta em produtos ambientalmente
sustentáveis, uma vez que retêm o carbono ao longo da
sua vida útil. Sustentada no ciclo de vida da fibra de
madeira, a pegada eco-eficiente do papel faz a diferença
pela aposta da indústria na gestão de florestas plantadas
e sustentáveis. As árvores e o solo são importantes
reservatórios de carbono e o crescimento das florestas
plantadas desempenha uma ação fundamental na
sustentabilidade da pegada de carbono.
Esta estratégia de gestão florestal sustentável, capaz
de uma produção sustentada de madeira, fibras ou
energia, e orientada para a manutenção ou incremento
das reservas de carbono florestais, é defendida pelo
Painel Intergovernamental sobre as Alterações
Climáticas como um claro benefício para a mitigação
das alterações climáticas.
As árvores absorvem carbono à medida que crescem
e uma floresta saudável, como as que servem a
produção de papel, contém 30% do carbono capturado
na sua biomassa, enquanto os restantes 70% são
armazenados no solo. O equilíbrio a longo prazo destes
reservatórios de carbono é assegurado pela gestão
responsável da floresta, com reflexo na reflorestação
que permite a disponibilidade futura da floresta e a
manutenção do inventário de carbono sequestrado.

A PEGADA


ECO-EFICIENTE


DO PAPEL


Fontes: IPCC Fourth Assessment Report: Climate Change 2007. Working Group III: Mitigation of Climate Change. | WBCSD (2015).
Low carbon technology partnerships initiative: Forests and forest products as carbon sinks. | CEPI Sustainability Report 2017 |
TwoSides.info Fact Sheets, Renewable Energy & Carbon Footprint | RNC 2050 – Roteiro para a Neutralidade Carbónica (2018)

As florestas sustentáveis da The Navigator Company apoiam a
National Geographic Portugal a diminuir a sua pegada ecológica.